Neuropsicologia

metodo-pold-terapia-manual

A neuropsicologia desempenha um papel fundamental na compreensão do funcionamento cerebral ao permitir o estudo aprofundado das funções cognitivas, emocionais e comportamentais, tanto em condições normais como patológicas.

Com base na avaliação neuropsicológica é possível programar e executar um plano de reabilitação/estimulação cognitiva personalizado, com vista a maximizar e estabilizar as funções cognitivas e o processo de deterioração das mesmas, tornando o paciente autónomo e com maior qualidade de vida.

É, por isso, recomendada em casos de dificuldades associadas a condições neurológicas ou psiquiátricas, no acompanhamento do normal envelhecimento cerebral e como forma de prevenção e rastreio de dificuldades futuras.

Na consulta de neuropsicologia são avaliadas as funções cognitivas, comportamentais e emocionais com objetivo de identificar e reabilitar utentes após lesão cerebral, ou com doenças degenerativas, como a demência e Alzheimer.

 

MARCAÇÃO DE CONSULTA

Casos clínicos

EPI na fasceíte plantar – Marta Gomes

EPI em rotura supraespinhoso e capsulite adesiva do ombro – Rui Santos

EPI na tendinose rotuliana – André Lopes

EPI na tendinose rotuliana – António Magalhães

Equipa especializada em Neuropsicologia

Focando a sua atenção na qualidade da avaliação clínica, a equipa da FISIOGlobal trabalha diariamente para proporcionar a cada utente a resposta mais adequada à sua condição, com a máxima qualidade e eficácia.

Esta forma de estar só é possível graças à combinação de uma equipa de trabalho interdisciplinar e altamente qualificada, com as mais recentes e distintas técnicas de intervenção na área da reabilitação, exercício clínico e bem-estar.

#

Ivone Ganso
Licenciada em Psicologia, especializou-se em Psicologia Clínica (consulta psicológica, psicoterapia e neuropsicologia) e pós-graduou-se em Terapia…

Ler mais… ›

Perguntas Frequentes sobre Neuropsicologia

A avaliação neuropsicológica é recomendada quando existe um déficit cognitivo que interfere no quotidiano da pessoa. Existem alguns sinais que podem indicar a necessidade de realizar este exame, como mudanças de concentração, organização, raciocínio, memória, coordenação ou aprendizagem.

Sim. O resultado de uma avaliação neuropsicológica permite detetar alterações de ordem neurológica e psicológica, permitindo acompanhar a evolução do quadro clínico de utentes com patologias degenerativas.

A avaliação neuropsicológica permite diagnosticar casos de:

  • Acidente vascular cerebral (AVC);
  • Demências;
  • Depressão;
  • Dislexia;
  • Doença de Alzheimer;
  • Doença de Parkinson;
  • Hiperatividade;
  • Transtorno de déficit de atenção;
  • Traumatismo craniano.

Uma avaliação neuropsicológica incide sobre diversas competências:

  • Aprendizagem e memória;
  • Atenção e concentração;
  • Habilidade motora e sensorial;
  • Linguagem;
  • Pensamento abstrato;
  • Perceção visual e espacial;
  • Resolução de problemas.